SÉRGIO SILVA: Vereadores e CDL em saia justa na frente de empresários em Joinville

PUBLICADO: 08/08/2019 - 2:02 | ATUALIZADO: 08/08/2019 - 3:11

SÉRGIO SILVA | FALE CONOSCO

Os Comerciantes e moradores que sofrem diretamente com as obras do Rio Mathias mostraram insatisfação com o andamento dos trabalhos no Centro da Cidade, nesta quarta (07), durante reunião da Comissão de Cidadania na Câmara de Vereadores de Joinville. O debate foi proposto pelo vereador Rodrigo Fachini, e reuniu comerciantes e moradores da região Central, representantes das empresas contratadas para a execução do projeto, execução da obra e fiscalização dos trabalhos.

O Vereador Mauricio Peixer, voltou à defender a criação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI). O vereador disse: “Temos muitas coisas pra debater, estou incomodado, isso deveria ser feito num local adequado, para isso a criação da CPI, para tratarmos com tudo documentado e investigado e não apenas numa tarde aqui, onde fica um grande vácuo. Precisamos saber de tudo sobre essa obra, teve problemas de projeto e muitas outras situações que chegaram até nós, por isso precisamos da CPI. Nós já temos seis assinaturas, precisamos de apenas mais uma, ninguém está condenando ninguém, queremos apenas saber o que de fato está ocorrendo”.

Saia justa: Nesse momento o vereador Mauricio, mostrou o documento com as assinaturas diante dos vereadores Mauricinho Soares, Pelé, Roque Mattei, James Schroeder e Jaime Evaristo, os mesmos foram convidados a assinar, porém sem sucesso. Odir Nunes também citou os nomes dos vereadores e foi aplaudido pelos comerciantes, porém nenhum vereador citado se posicionou, dois deles acabaram saindo do plenário após o episódio.

O vereador Mauricio Peixer lembrou que os seis vereadores irão à Florianópolis no Tribunal de Contas do Estado de Santa Catarina (TCE), levar toda a documentação dos problemas relacionados a obra.


CDL: A Câmara de Dirigentes Lojistas de Joinville foi criticado pelo presidente da comissão de cidadania Odir Nunes, por não enviar nenhum representante a reunião.

A CDL ao ser anunciada no inicio da reunião não enviou nenhum representante e Odir Nunes disparou: “A rua deve estar boa para ele ou para eles”. E no final da reunião o presidente da comissão voltou a disparar: “Eu queria agradecer à OAB e a Ajorpeme, mas registro que é lamentável á CDL não estar, porquê esse e o interesse dos comerciantes ou de apenas um grupo?. Eu pensei que o primeiro a defender os comerciantes fosse a CDL. Mas quando é pra defender uns interesses de lá ou cá eles sempre aqui estão”.



DEIXE SEU COMENTÁRIO

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.